Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Uma linha completa para alívio de
todas as intensidades de dor

Dores de má postura podem prejudicar rendimento escolar e no trabalho

23/09/2020 | Saúde

Sinal de que algo não vai bem, a dor nunca deve ser ignorada, alerta o especialista

A dor é um dos principais fatores que causam incapacitação. Longas horas em frente ao computador ou aos livros, em uma posição que não é a mais adequada, podem ser o gatilho que faltava para o surgimento de doenças mais severas, ao longo do tempo.

Segundo o médico ortopedista e traumatologista Fulvio Nicolau Bechelli Filho (CRM-SP: 90.952), dor é um alerta de que algo não vai bem e, com esse mal-estar, a atenção vai diminuir e o rendimento também. “Permanecer por horas em uma postura incorreta abre possibilidade para as patologias lentamente se instalarem. E à medida que as dores ficam mais frequentes e aumentam de intensidade, o trabalho ou estudo ficam extremamente prejudicados, favorecendo o estresse e outras doenças ortopédicas e comportamentais”, explica.

Para evitar a perda de rendimento, o especialista selecionou 4 dicas que podem ser colocadas em prática já:

1. Crie uma rotina de estudo e trabalho saudável

Organize o seu dia de trabalho e estudo considerando períodos, mesmo que breves, para descansar, alongar, se alimentar e hidratar e até mesmo se exercitar. O ideal é mudar de posição a cada duas horas. Fique em pé, caminhe um pouco e faça alongamentos da coluna, dos ombros e braços, das mãos e pernas.

2. Ambiente adaptado para sua necessidade evita futuras dores

É imprescindível adaptar o seu ambiente de atividade diária para uma melhor posição do corpo. Má postura pode acarretar em uma sobrecarga de músculos, tendões e articulações, causando doenças e dores crônicas como da coluna vertebral e membros e as dores nos tendões. Busque sempre por uma posição adequada e confortável e encontre um local que tenha as melhores condições para realizar suas atividades, assim a atividade se torna mais leve e prazerosa.

3. Evite dor de cabeça e nos olhos causadas pelos por longos períodos em frente aos livros ou computador

A visão e a audição são importantes para manter a concentração e produtividade. As reuniões ou aulas online, cada vez mais frequentes, exigem bastante da nossa visão e audição.
As distâncias inadequadas da tela de computador ou celular, ou até mesmo ambientes escuros e sons elevados ou estridentes, por longos períodos, podem ser prejudiciais e a causa de dor de cabeça dor nos olhos, cansaço, irritabilidade e sonolência. Opte por lugares com boa luminosidade e mantenha o volume dos dispositivos também em um som adequado, isso vai ajudá-lo a manter seu equilíbrio.

4. Minimize as dores decorrentes da má postura ao trabalhar ou estudar

Valorizar a postura e adequar o seu posto de estudo ou trabalho é a melhor prevenção. Atividade física regular para alongamento e fortalecimento de coluna vertebral, abdômen e membros superiores são necessários para evitar dores e lesões. Quando isto não for suficiente e o desconforto persistir, uma avaliação médica está indicada para um tratamento eficaz. Geralmente analgésicos comuns, como Lisador Dip, funcionam muito bem. Além disto, uma dieta saudável, balanceada sem ingestões exageradas de açúcares e gorduras ajudam muito no pleno funcionamento do seu organismo.

Bibliografia:
Carrillo-Castrillo JA, Pérez-Mira V, Pardo-Ferreira MDC, Rubio-Romero JC. Analysis of Required Investigations of Work-Related Musculoskeletal Disorders in Spain. Int J Environ Res Public Health. 2019;16(10):1682.

Lewis R, Gómez Álvarez CB, Rayman M, Lanham-New S, Woolf A, Mobasheri A. Strategies for optimising musculoskeletal health in the 21st century. BMC Musculoskelet Disord. 2019;20(1):164.

Bolis, I. Contribuições da ergonomia para a melhoria do trabalho e para o processo de emancipação dos sujeitos [dissertação]. São Paulo: Universidade de São Paulo, Escola Politécnica; 2011 [citado 2020-07-24].

Bula do Produto: Lisador Dip.


Sobre Lisador Dip

Lisador Dip é um medicamento à base de dipirona, potente contra dores intensas¹ e febre². Indicado para dores de cabeça, abdominais e musculares²; pode ser utilizado em caso de doenças virais causadas pelo Aedes aegypti, como dengue, zika e chikungunya³⁻⁵ . Os cartuchos com 10 e 20 comprimidos e blister com quatro e oito estão disponíveis nas principais redes de farmácias e drogarias do Brasil.

Referências Bibliográficas

1. Gonzalez GJ. Revisión de las características farmacológicas y clínicas de la dipirona. Salud(i)ciência (Impresa)2009;17(3):220-223.

2. Bula do Produto: Lisador Dip.

3. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Dengue: diagnóstico e manejo clínico (adulto e criança). Brasília-DF: 5º edição; 2016. Disponível em: httpsss://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2016/janeiro/14/dengue-manejo-adulto-crianca-5d.pdf . Acesso em: outubro, 2018.

4. Brasil. Ministério da Saúde. Portal da Saúde. Saúde de A aZ: Zika virus. [Internet]. Disponível em:<httpsss://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/zika-virus>. Acesso em: outubro, 2018.

5. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Chikungunya: manejo clínico. Brasília-DF: 2017. Disponível em: httpsss://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/chikungunya_manejo_clinico.pdf. Acesso em: março, 2020.

Lisador Dip. Dipirona monoidratada. Comprimido. MS 1.7817.0842. Solução gotas. MS: 1.7817.0877. Indicações: analgésico e antitérmico. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Agosto/2020.

Pesquisa
Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Buscar nos títulos
Buscar no conteúdo
Buscar nos posts
Buscar nas páginas
Tags